Tem que baixar mais


A redução das tarifas de energia foi sem dúvida uma grande vitória. Os consumidores e as empresas são beneficiados com queda de pelo menos 18% dos valores pagos. A conquista premia o trabalho de pessoas que sempre lutaram por uma tarifa justa na energia, como o deputado estadual cearense Lula Morais. Lula foi o requerente e o relator da CPI da Coelce na Assembléia Legislativa do Ceará. Seu trabalho motivou a abertura de uma ação do Ministério Público contra a empresa e a Aneel.

A luta se justifica porque o Brasil é o terceiro maior produtor de energia do mundo mas ainda assim tem a sexta tarifa mais cara do planeta. No Ceará há ainda um contrato entre a Coelce e a TermoFortaleza, duas empresas do grupo Endesa, que obriga a primeira a comprar da segunda 33% da energia que revende. Acontece que a TermoFortaleza não produz energia, compra no mercado livre do setor e revende a preços no mínimo generosos. Segundo o deputado, megawatts comprados a R$ 33,00 são repassados a Coelce por absurdos R$ 170,00! Essa diferença é cobrada do consumidor final.

Por isso foi desenvolvida a campanha por uma Tarifa Justa da Energia, que tem no outdoor acima, criado pela agência, a sua peça principal.

Nenhum comentário: